League of Legends e suas finais

A final e a moral de que não há campeões antecipados, o caminho da vitória é trilhado dentro de Summoner’s Rift

No sábado (13/04) conhecemos o vencedor do primeiro split do Campeonato Brasileiro de League of Legends e as equipes campeãs de diversas regiões. Nesta final recheada de emoção e com alguns picks inesperados, vimos a supremacia flamenguista ruir, uma INTZ robusta superar-se e conquistar o troféu.

Flamengo

Após a campanha quase perfeita (com apenas uma derrota em toda a fase de pontos e semifinal) o Flamengo entrou no Rift com uma torcida gigantesca e cotado como campeão antecipado. Felipe “brTT” Gonçalves, Byeonghoon “Shrimp” Lee e companhia apresentaram desde os primeiros jogos força e sinergia impecáveis, mesmo após o tropeço contra a Kabum logo nas primeiras rodadas.

Com essa campanha extraordinária era de se esperar que os Rubro-Negros estivessem “hypados” e fossem a principal aposta de grande parte da comunidade e analistas de League of Legends.

INTZ

Os Intrépidos tiveram bons jogos no decorrer do torneio e se classificaram para as semifinais com certa tranquilidade, embora viessem com confiança tiveram que suspender por alguns momentos a respiração quando, na semifinal, a Redemption conseguiu arrancar duas vitórias na série MD5. Saindo com o placar de 3×2 e oficialmente na final do CBLoL, só restava ao time do simpático astronauta se preparar arduamente para vencer o franco favorito.

A final e o astronauta soberano

No sábado todos fomos lembrados que os títulos são decididos dentro de Summoner’s Rift e apenas nele, não existe hegemonia que seja mantida por muito tempo dentro dos Campos da Justiça e nem existem pré campeões.

A primeira partida foi de total dominância por parte do Flamengo, acabando em exatos 21 minutos e 59 segundos com o placar de 17×5 e 8 torres a 1 para o time carioca.

Esperava-se, talvez, que a INTZ viesse abatida para o segundo jogo ou com o lado psicológico abalado, entretanto com um jogo mais longo (45 minutos) os Intrépidos venceram e calaram a Voz Mortal do temido Karthus do coreano “Shrimp”, que havia sido terror de outros junglers durante o campeonato.

Com o placar empatado em 1×1, os times entraram novamente no Rift, foi a vez do Flamengo vencer e dar um passo mais próximo da taça. Mesmo após o belo pentakill do Ryze pickado por “Envy”, não foi o suficiente para segurar a força do adversário.

Na penúltima partida vimos um Flamengo apático e com uma composição incapaz de parar a INTZ, perdendo assim por 6×25 em número de kills e 2 torres a 10 para os Intrépidos.

O derradeiro e decisivo jogo contou com uma Kayle furiosa fazendo split push e mais uma vez jogadas extraordinárias da Ahri de “Envy” (que apresentou uma série com desempenho sólido). Aos 32 minutos a INTZ já “arrombava” as portas da base do Flamengo, sagrou-se assim a campeã do primeiro split do CBLoL 2019 e classificada para o Mid-Season Invitational.

Um sábado cheio de League of Legends

Jogador de League of Legends
Jogador de League of Legends
Foto: Clément Grandjean

Aos que pensaram que o sábado de LoL havia começado no meio do dia com o início da transmissão do CBLoL, estavam completamente enganados. Por volta das 5 horas da manhã (horário de Brasília) a LCK (Liga Coreana) e a LJL (Liga Japonesa) já iniciavam suas respectivas finais. Com placares de 3×0 para a T1 (ex SKT) e também 3×0 para a DetonatioN FocusMe conhecemos os primeiros campeões regionais.

Enquanto o CBLoL acontecia de forma emocionante, também a emoção dominava a final da LCS (Liga da América do Norte) com a virada histórica da Team Liquid sobre a Team Solo Mid por 3×2.

Durante o restante do sábado e no domingo conhecemos alguns outros campeões das demais regiões:

  • LCL (Vega 3×1 Elements Pro Gaming)
  • OPL (Bombers 3×0 Order)
  • TCL (1907 Fenerbach 3×0 Supermassive)
  • Vietnã  (Phong Vu Buffalo 3×1 EVO Esports)
  • LPL (Invictos Gaming 3×0 JD Gaming)
  • LMS (Flash Wolves 3×0 MAD Team)
  • LLA / LATAM (Isurus Gaming 3×1 Rainbow7)
  • SEA/LST (Mega 3×0 Team Empire)

Interessante citar OG, na LEC (Liga Europeia), que venceu a Fnatic (vice campeã mundial) e disputou a final contra a G2, porém perdeu por 3×0.
L

O próximo encontro de todas essas equipes acontecerá a partir do dia 1º de maio quando acontece o mundialito de League of Legends no Vietnã e Taipé Chinesa. Os jogos serão transmitidos pelos canais oficiais da Riot Games Brasil:
Twitch: Riot Games Brazil

Youtube:LoL eSports BR

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.