Circuito Desafiante

O universo competitivo brasileiro de League of Legends vai além do CBLoL, conheça hoje o Circuitão: celeiro de novos talentos.

Para  os que têm o costume de assistir aos campeonatos de futebol e outros esportes, as séries de acesso às competições oficiais são famosas, no Brasil temos a Série B do Campeonato Brasileiro de Futebol, a Liga de Ouro no Basquete entre outros. Desta forma não poderia ser diferente com o League of Legends.

O Campeonato Brasileiro de League of Legends (CBLoL) foi criado em 2012 pela Riot Games, mas a série de acesso a ele só foi oficializada em 2015, recebendo o nome de Circuito Desafiante, comumente conhecido pela comunidade como “Circuitão”.

O Circuito Desafiante começou sendo disputado por equipes que acumulavam pontos nas etapas da Go4LoL realizada pela ESL Brasil em parceria com a Riot Games – produtora do League of Legends. Em 2016 a XLG (Xtreme League – liga de esportes organizada pelo site Boa Compra) tornou-se a organizadora oficial do torneio que foi transmitido naquele ano na plataforma Azubu (hoje chamada de Smashcast).

Já em 2017 a série de acesso ao CBLoL passou a ser produzida pela Promo Arena e foi nesse ano que o torneio começou a despertar a atenção da comunidade e da mídia com a classificação de três equipes para a “elite” do LoL no Brasil, e o fato de uma delas (Team One) ter vencido a segunda etapa do CBLoL.

Em julho de 2018 a Riot Games anunciou que passaria a ser responsável pelo Circuito Desafiante, era a primeira vez que a empresa seria a única a produzir e transmitir os jogos. A Promo Arena anunciou na época que passaria por uma reestruturação e mudança dos investidores. Desde então as transmissões são feitas nos canais oficiais da Riot Games Brasil na Twitch e no Youtube.

Formatos e splits

Assim como o CBLoL, o Circuito Desafiante também é realizado em dois splits distintos, onde 6 equipes enfrentam-se e o vencedor sobe direto para o campeonato principal, o segundo colocado disputa a Série de Promoção, que nada mais é que: o confronto entre o segundo lugar do Circuitão e o sétimo colocado no CBLoL.

A final do torneio ocorre dia 20/04 e será disputada em partidas melhores de cinco (MD5).

Troféu de competição
Foto por Bruno Montine

Circuitão e a sua importância

Após a breve introdução sobre a história do torneio, é interessante salientar o quão importante e representativo o Circuito Desafiante se tornou para a comunidade de League of Legends e para o CBLoL.

O torneio de acesso já não é apenas um local para onde caem as equipes que são rebaixadas do Campeonato Brasileiro de LoL, tornou-se um celeiro para novos talentos individuais e times inteiros.

2016: O time da “Big Gods” contava com “Ranger” (campeão dos dois slits do CBLoL pela “Kabum” em 2018), “Rakin” (atual jogador da “Team Liquid” – equipe americana) entre outros jogadores.

Já a “Estúdio XP” vinha em sua line-up com “4Lan” (campeão do segundo split do CBLoL 2017 pela “Team One”) e “DudsTheBoy” que é atual jogador da “Redemption”.

2017: “Team One” venceu o segundo split do CBLoL em cima da “paiN Gaming” logo após subir do Circuitão. Com um time sólido e vitórias emocionantes, a equipe conseguiu conquistar o coração da torcida e atenção dos especialistas para suas partidas no torneio anterior.

2018: “Redemption” conseguiu classificar-se para o CBLoL, já se encontra em vias de disputar as semifinais deste splitt de 2019 e jogará contra a “INTZ”.

Ainda em 2018 o “Flamengo” chegou às finais do Campeonato Brasileiro de LoL repetindo parcialmente a trajetória da “Team One”, a diferença é que perderam para a “Kabum”. Porém encontram-se também nas semifinais e contam com apenas uma derrota durante todo o primeiro split de 2019.

Nem tudo são flores em Summoner’s Rift

Assim como existe a alegria das equipes que sobem para o CBLoL, também existe a tristeza daquelas que são rebaixadas para disputarem o Circuitão. Ninguém quer seu time esteja na série B de qualquer campeonato. Foi exatamente esse sentimento que torcedores da tradicional paiN Gaming sentiram em 2018, assim como os da “RED Canids” (atual “RED Kalunga”) e “INTZ”, “Team One” que novamente disputa do Circuito Desafiante e da “ProGaming” que foi rebaixada nesse split do CBLoL.

Para aqueles que ficaram curiosos sobre o Circuito Desafiante disponibilizamos os links onde é possível acompanhar as transmissões:

Twitch: Riot Games Brazil

Youtube: LoL eSports BR

Lembrando novamente que a final do primeiro split de 2019 ocorre dia 20/04 às 13 horas nos canais citados acima.

2 Thoughts

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.