Ninguém consola os perdedores

Quando os holofotes fazem brilhar aqueles que carregam o troféu, quem se lembra dos esforços dos segundos colocados?

Na madrugada do sábado (03/11),em Incheon – Coreia do Sul – conhecemos a melhor equipe de League of Legends de 2018. Foram mais 200 milhões de espectadores simultâneos acompanhando a saga de dez jogadores que lutaram nos Campos da Justiça pela Sumomner’s Cup. Essa marca de audiência por si mesma já mostra a importância e imponência de um dos maiores torneios de eSports do mundo.

Em um dos lados do imenso palco montado no estádio de Munhak estava a esperança europeia e ocidental: Fnatic, que vinha de uma campanha emocionante e estável. Do lado oposto viamos a  Invictus Gaming, equipe chinesa que não era nem mesmo a favorita da região, mas que deixou para trás RNG e todas as equipes coreanas.

Embora ambas as campanhas tenham sido sólidas, quem esperava 5 partidas (devido ao desempenho das duas equipes na fase de grupos e semifinais) acabou ficando um tanto quanto  frustrado. A final de 2018 foi completa e esmagadoramente unilateral, deixando apenas alguns momentos de esperança para os fãs ocidentais.

Quando o Nexus foi destruído na terceira partida e a torcida (em grande parte chinesa) explodiu em gritos, descobrimos que a hegemonia Oriental ainda não seria quebrada nesse ano.

Mas juntamente com as lágrimas de felicidade de Rookie – midlaner da Invictus, e seu primeiro título em 4 anos, presenciamos também uma situação dolorosa do esporte. Olhando para a tela vemos Caps – midlaner da Fnatic – abatido enquanto seus companheiros de equipe mantém os braços abaixados e as feições tristes esperando o momento em que poderão sair daquele local e “lamber as feridas”. Apenas a poucos metros de distância dali os membros da Invictus Gaming se abraçam e comemoram efusivamente o título.

Percebe-se assim um paradoxo pungente da sociedade: ninguém consola os perdedores. Para esses não existem abraços, apenas o esquecimento e na maioria das vezes a falta de empatia.

Talvez alguém abrace os perdedores ano que vem.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.