O pernilongo na TV

O incômodo de um pequeno problema que só o tempo pode resolver

Sentado à meia luz, Henrique respira com dificuldade, o acesso sempre incômodo em seu braço, as cortinas fechadas que deixam passar esparsos raios de sol, que delineiam os contornos do quarto. Um quarto de hospital nunca é agradável, por mais que se pague caros planos de saúde e não tenha que se submeter a ambientes cheios de seres humanos acometidos das mais diversas enfermidades.

O sofá para acompanhante, o armário para os pertences, a TV de tela plana, quase pode-se confundir com quarto de hotel. Mas por maior que seja o número de itens de conforto, um quarto de hospital nunca é confortável, sempre fica aquela sensação incômoda, aquela sensação de querer sair correndo, que vai se acentuando dia após dia de internação.

Com os olhos acostumados á desproporcional iluminação, Henrique contempla aquele que é seu maior incômodo, um pequenino pernilongo, pousado sobre a TV de tela plana, seguro na consciência da debilidade da sua presa. Vez ou outra se lança ao voo, atacando Henrique num momento de distração, nos demais, repousa esperando uma oportunidade.

A insatisfação de Henrique o faz bufar, é refém daquela criatura centenas de vezes menor do que ele, mas não pode fazer nada, se arremessar um travesseiro provavelmente causará maior prejuízo e não se livrará do incômodo. Engraçado, pensa Henrique, como na vida muitos problemas são assim, incômodos, persistentes, mas quanto mais força fazemos para resolvê-los, mais danos causamos a nós mesmos. O único remédio é a paciência, a certeza de que um dia eles vão passar e , mais do que isso, sempre haverá um novo pernilongo, então não adianta se desesperar.

One thought

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.